Otacílio Neto durante treino no Corinthians; jogador foi campeão paulista, da Série B e da Copa do Brasil

Otacílio Neto durante treino no Corinthians; jogador foi campeão paulista, da Série B e da Copa do Brasil

Há oito anos, ele foi campeão do Paulistão e da Copa do Brasil pelo Corinthians. Hoje, defende o Treze, da Paraíba, mas o sonho de vestir novamente a camisa do Timão continua vivo. É com este objetivo que Otacílio Neto, aos 34 anos, segue nos gramados do Brasil.

Com 25 anos, o atacante chegou ao clube alvinegro para ser uma das opções do técnico Mano Menezes para o setor ofensivo. Como companheiro, nada mais nada menos que Ronaldo, o Fenômeno, que recebeu elogios de Otacílio. "Ele é um cara diferenciado. A gente tinha muita brincadeira sadia. Eu, particularmente, aprendi muito com ele, principalmente em humildade", disse ao Portal da Band.

A chegada ao Timão aconteceu logo depois de brilhar com a camisa do Figueirense no Campeonato Brasileiro de 2007. O ex-atacante alvinegro acredita que foi muito cedo para uma grande equipe. "Só tinha jogado um Brasileirão. Cheguei a um time grande muito rápido. A dimensão do Corinthians é diferente".

Antes de desembarcar no Parque São Jorge, no entanto, Otacílio Neto por pouco não foi parar no rival Palmeiras. Lá, ele acredita que teria mais chances. "Creio que eu teria tido mais oportunidades, porque o Palmeiras naquela época não tinha tanto jogador de expressão", afirmou.

Confira a entrevista completa:

Portal da Band: Faltou oportunidade no Corinthians?

Otacílio Neto: Acho que sim, devido aos medalhões que tinham na época. O Ronaldo, indiscutível, e o Dentinho, que naquela época estava voltando da Seleção. O Jorge Henrique, que era do Botafogo, o Souza, do Flamengo... Eu era o patinho feio da história.

Portal da Band: Como era aquele grupo do Corinthians internamente?

Otacílio Neto: A gente brincava bastante. Lembro que uma vez fomos jogar contra o Noroeste e ficamos zoando o massagista deles, o Rodrigo, que ria igual uma galinha. Todo mundo chegou do lado dele e começou a rir igual. Ele não entendia nada (risos).

Portal da Band: Como era a convivência com o Ronaldo?

Otacílio Neto: O Ronaldo é um cara diferenciado, por isso que conquistou tudo que tem e ainda hoje vem conquistando. Ele é amigo. Todo dia dava bom dia, brincava. A gente tinha muita brincadeira sadia. Eu, particularmente, aprendi muito com ele, principalmente em humildade.

Portal da Band: Você é um jogador que viveu altos e baixos na carreira. Como foi pra você?

Otacílio Neto: Foi bem sofrido no início da carreira. Passei por alguns clubes pequenos e depois Deus me abençoou e logo estourei no futebol. Quando eu vi, já estava no Corinthians. Mas não sei se naquele momento eu estava preparado. Mas foi bom.

Portal da Band: Então você acha que foi muito cedo para o Corinthians?

Otacílio Neto: Eu estava no Figueirense, depois voltei no Paulistão e já fui para o Corinthians. Só tinha jogado um Brasileiro. Cheguei a um time grande muito rápido. A dimensão do Corinthians é diferente.

Portal da Band: Como foi quando você recebeu o contato do Corinthians?

Otacílio Neto: Na época eu estava voltando de uma contusão no ligamento. O Palmeiras foi atrás de mim, mas acabei não fechando. Depois o Corinthians fez a proposta. Falei para a minha esposa que tinha uma reunião. Fui e assinei. Depois eu voltei, mostrei o contrato pra ela e falei que iria me apresentar ao Corinthians no dia seguinte. Ela não acreditava. Foi uma surpresa para todo mundo. Liguei para os meus pais no Ceará e falei para assistir a Band porque eu ia passar. Era só alegria.

Portal da Band: Acha que sua carreira seria diferente se tivesse acertado com o Palmeiras?

Otacílio Neto: Creio que eu teria tido mais oportunidades, porque o Palmeiras naquela época não tinha tanto jogador de expressão. Só o Alex Mineiro, que já estava saindo. Acho que teria sido diferente, sim.

Portal da Band: Você é de Orós, interior do Ceará, e sempre rodou o Brasil. Como é sua relação com os seus familiares que lá estão?

Otacílio Neto: Mantenho as mesmas coisas que eu fazia no início da carreira. Todo tempo que tenho fico com meu pai, minha mãe, minha esposa e meus dois filhos. Todo intervalo eu vou para lá.

Portal da Band: Ainda pensa em atuar por um clube da Série A?

Otacílio Neto: Se Deus quiser. Ano passado eu fui bem, fiz 14 gols. Espero que seja diferente e que eu possa ir para um clube de muita passa, de grande torcida...

Portal da Band: E se fosse para escolher o time, qual seria?

Otacílio Neto: (pausa) acho que voltar para o Timão de novo seria realizar mais um sonho. Vou trabalhar forte para Deus me dar essa oportunidade. Me sinto bem, diferente daquela época. O Corinthians vem passando por uma reformulação, então que Deus toque no coração de alguém lá e lembre do Otacílio. Como dizem, Corinthians minha vida, minha história...

Foto: portal Band

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa