Tremacoldi promove evento no dia 09 de julho, em São Paulo. Foto: Divulgação

Tremacoldi promove evento no dia 09 de julho, em São Paulo. Foto: Divulgação

O artista plástico e tatuador Iago Tremacoldi, de apenas 22 anos, estreia sua primeira exposição, intitulada “Shozoku”, com um coquetel de lançamento no dia 9 de julho, às 16 horas, no restaurante Yu Yatai, localizado no bairro Mirandópolis, em São Paulo.

Com entrada gratuita, o público terá a oportunidade de experimentar os pratos mais tradicionais do Yu Yatai, como o takoyaki e o okonomiyaki, e, ao final do encontro, o evento contará com a participação do músico Ed Canto que, através do shamisen, instrumento tradicional japonês de três cordas, apresentará um repertório contemporâneo.

O projeto, que reúne a arte e a gastronomia inspiradas no Japão, surgiu de uma conversa informal e virtual entre Iago e Marcelo Inoue, proprietário do Yu Yatai, quando ambos notaram que, apesar das origens e áreas profissionais diferentes, existia um sentimento comum sobre as tradições culturais japonesas. - A ideia surgiu de uma conversa com o Iago, quando ele me ofereceu uma pintura para o restaurante. Depois disso, vieram algumas ideias e pensei em uma exposição ou algo que pudesse juntar a gastronomia com a arte - contou Marcelo.

Do papo surgiu a pintura “Takoyaki to Shichi Fukujin”, que mescla a arte sumi-ê (técnica de pintura japonesa) no estilo genga, voltado para a tatuagem, com técnicas de aquarela, sendo esta a precursora de todas as demais obras que estarão expostas no restaurante. - Essa pintura talvez seja precursora, simplesmente por representar uma síntese do Marcelo e seu restaurante, que serve pratos tradicionais japoneses em uma metrópole brasileira - explica Iago Tremacoldi.

Para o primeiro evento do restaurante, Marcelo pretende divulgar a cultura japonesa, através de sua arte e culinária. - Minha expectativa é de divulgar a cultura, o restaurante, o trabalho do Iago e dos demais envolvidos neste evento. A união faz a força! - anseia Inoue.

Além de ser um grande admirador da cultura e da culinária japonesa, Iago Tremacoldi se identificou com o Yu Yatai por sua adaptação aos tempos modernos, tanto em seu modelo de negócio, quanto em sua estética e proposta. - A exposição também trata disso, de sentir pertencimento a uma nação e cultura muito rica que, apesar de não ter parentesco algum, os valores nipônicos são capazes de acender o sentimento de pertencer, tudo dentro do contexto atual - acrescenta Iago.

Nesta exposição, as obras de Iago terão como tema principal flores, animais e personagens históricos, presentes na estética japonesa, além das inúmeras formas de representação que foram revisadas e interpretadas, com o intuito de promover uma harmonia entre sua arte e o ambiente do Yu Yatai.

Sobre Iago Tremacoldi e suas obras

Nascido na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo, o tatuador Iago Tremacoldi estudou aquarela na Pinacoteca de Piracicaba, com o Prof. Dr. Norberto Stori, e é recém-graduado em Técnica em Desenho, pela Escola Bauhaus Piracicaba.

Apreciador da cultura japonesa, Iago estuda a técnica de tatuagem clássica, irezumi, e em suas obras, sempre há influências de mestres japoneses, como Katsushika Hokusai, Utagawa Kuniyoshi, Kawanabe Kyosai e do tatuador contemporâneo HoriKashi. - Todas as pinturas foram elaboradas com tinta nanquim e alguns tons de aquarela, obtidos através de pigmentos e aglutinadores, sobre um papel fino, porém resistente, a fim de lembrar o papel de arroz tradicional - detalha Iago.

Sobre o restaurante Yu Yatai

Inicialmente, em 2015, o Yu Yatai operava como um food truck pelas ruas de São Paulo, com um cardápio semelhante ao das comidas de rua do Japão, como o takoyaki e o okonomiyaki. Com o tamanho sucesso, o Yu Yatai abriu seu restaurante próprio no bairro Mirandópolis, próximo ao metrô Praça da Árvore, com a proposta de oferecer “comfort food” aos seus clientes.

Com isso, o restaurante ampliou seu cardápio, incluindo opções de entradas, teishoku e teppanyaki. Para Marcelo Inoue, o objetivo é mexer com as memórias e sensações de bem-estar e de ser cuidado. Aquela comida que sempre remete às coisas deliciosas da vida: - A melhor coisa é poder lembrar de momentos especiais, seja um almoço em família, um passeio em um parque, um jantar com os amigos, ou ainda aquele momento que você visitou ou morou no Japão - revela.

Sobre Ed Canto

Graduado em Música, Ed Canto iniciou seus estudos tocando guitarra elétrica e, posteriormente, passou a estudar violoncelo. Desde 2012, participa da Associação de Koto de Belém, onde iniciou o estudo do instrumento japonês, koto, com a Professora Hiroko Yamada.

Atualmente é aluno da Professora Tamie Kitahara, da escola Seiha H?gaku. Em 2018 iniciou os estudos de shamisen (instrumento tradicional japonês de três cordas) com Vinícius Sadao.

Integrante do Grupo MIN, Ed Canto se dedica à difusão da música tradicional japonesa. Entre as últimas apresentações, o músico tocou no Festival Viva Japão, em Taubaté, no Geinosai do Hanamatsuri, do Templo Nippakuji de Ibiúna, além do Nikkei Fest, em Presidente Prudente.

Serviço:

Coquetel de Lançamento da exposição Shozoku, de Iago Tremacoldi
Data: 9 de julho, às 16 horas
Local: Restaurante Yu Yatai
Endereço: Rua das Rosas, 52 - Mirandópolis - São Paulo - SP
Informações: [email protected]

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    25
  • 2 San
    20
  • 3 Fla
    17
  • 4 Int
    16
  • 5 Atl
    16
  • Veja tabela completa